Bem-vindo ao nosso Suporte

Faça sua pesquisa digitando palavras-chave abaixo ou veja a nossa base de conhecimento.

*Dica de Pesquisa: Para uma busca mais assertiva adicione a palavra/frase entre aspas ""
Exemplo: "evento S1200"

F878-Geração do registro 50 e 54 do arquivo Sintegra

Seguir

Sumário

Sistema: Gerenciador de Aplicativos Prosoft (GAP)

Contexto: Este artigo contém as instruções para geração do registro 50 e 54 do arquivo Sintegra

Informações Adicionais: Não se aplica.

Resolução

Cadastro de Produtos

1- Acesse Fiscal > Cadastros > Produtos por Empresa

2- Cadastre os produtos a serem utilizados na escrituração, as informações contidas nesse cadastros geram os Registros 54 e 75

Escrituração Fiscal

Acesse Fiscal > Documentos de Entradas e Saídas > Escrituração

Informações do cabeçalho da nota fiscal

São as informações geradas no registro 50, no sistema são informados no cabeçalho da nota fiscal e nas guias ICMS/IPI e Outras Informações. As informações de ICMS e IPI são obrigatórias para empresas contribuintes desses impostos

1- Os campos em destaque são de preenchimento obrigatório na escrituração para geração dos registros 50 e 54

• Série/Sub Série/Número Nota: Não podem ser informados dois documentos fiscais com a mesma combinação de valores dos campos formadores da chave do registro. A chave deste registro é: Espécie, Série, Sub Série e Número nota.
• Data Escrit.: Data da escrituração do documento.
• Data Docto.: Data da emissão do documento.
• Espécie: Deve Informar a espécie utilizada. Atentar-se ao código de Sintegra utilizada nas Espécies, pois através desta o sistema irá alimentar os campos correspondentes no Sintegra. Para visualizar/cadastrar/alterar deverá acessar a rotina Cadastro de Espécies de Documentos.
• CFOP: Preencher o CFOP em concordância com o modelo indicado. Exemplo: Nota Fiscal Modelo 06 (Energia Elétrica), deverá possuir CFOP do grupo 1250/2250/3250 – Compras de Energia Elétrica.
• Situação Docto: Deve informar o Código da situação do documento fiscal conforme cadastrado nas Tabelas Fiscais para Arquivos Magnéticos.
• Tipo de Nota Associada: Deve preencher em casos especiais. Exemplo: Nota Fiscal de Importação, deve ser marcada a opção [ ]Nota Entrada emitida Contribuinte.
• [ ]NF Cancelada: Deverá marcar está opção em casos de notas fiscais cancelada.
• Terceiro: Obrigatório possuir terceiro nos documentos fiscais de entrada e saída
• Valor Contábil: Compreende todos os valores cobrados em nota fiscal (Valor de Mercadoria, Impostos e Outras Despesas).
• Valor Mercadoria: Valor das Mercadorias este deverá ser exatamente igual à soma dos itens informados no documento.
• ICMS/IPI: Deve ser preenchido e este campo tem que ser exatamente igual ao informado no item na nota fiscal. Salvo as empresas não contribuintes do IPI não possui a obrigatoriedade de preencher os campos relativos à IPI.

- Guia Outras Informações

• Frete/Seguro/Outras Despesas: Informar valores cobrados no documento fiscal neste campo e o mesmo deverá ser exatamente igual à soma dos itens do documento fiscal.
• Frete: Informar situação do Frete da operação fiscal informada.
• Cond. Venda: Condição de venda Vista / Prazo / Sem Pgto.
• Chave da Nota Fiscal Eletrônica: Informar número da chave dos documentos fiscais de entrada e saída própria, para documentos fiscais de terceiros está informação é facultativa.

Nota: O campo chave da nota fiscal eletrônica somente é habilitado se a espécie da nota fiscal for modelo 55.  

- Escrituração de Itens - guia Produto

São as informações necessárias para geração correta do registro 54. Lembrando que as informações de ICMS e IPI são obrigatórias para empresas contribuintes desses impostos.

• Código Produto: Informar o produto cadastrado através da rotina Cadastros Produtos por Empresa. Caso no cadastro do produto contenha informações dos campos CST ICMS e Alíquota ICMS. No momento da escrituração do mesmo os valores serão sugeridos.
• N. Item: Número deve ser informado sequencial, inclusive em desdobramento do documento fiscal a ordem deve ser mantida.
• S.T.: Informar o CST (Código Situação Tributária) ICMS do produto.
• Quantidade/Preço Unitário/Valor Desconto/Valor Liquido: Valor liquido é formado a partir da multiplicação da quantidade pelo preço unitário deduzindo desconto.
• Frete/Seguro/Despesas Acess.: Informar valores cobrados no documento fiscal. A soma dos valores dos itens deve ser igual ao informado na Aba Outras Informações/Diversas.
• Número DI: Informar número da Declaração de Importação conforme despacho aduaneiro.
• Data DI:.Data constante no despacho aduaneiro.
• [ ] DI Simpl.: Informar o campo para Declarações Simplificadas.

 

- Escrituração de Itens - guia ICMS

Informe os valores relativos à ICMS exatamente igual à aba ICMS. Em casos de divergências apresentará falha nos registros 50 e 54

 

- Escrituração de Itens - guia IPI

Informe os valores relativos à IPI exatamente igual à aba IPI. Em casos de divergências apresentará falha nos registros 50 e 51.


• CST IPI (432): Deve informar CST de IPI conforme situação tributária do produto, sendo de 00 a 49 os CST’s de entrada/serviços tomados e de 50 a 99 CST’s de saída/serviços prestados. Para consultar, alterar e/ou incluir registros deve acessar rotina através da rotina Tabelas Fiscais para Arquivos Magnéticos
 

Nota: O template utilizado na escrituração foi o Modelo Saídas Completa - Prosoft que é um template completo. Orientamos que todas as escriturações de entradas e saída sejam realizadas nos templates completos Prosoft, para notas fiscais de entradas utilizar Entradas Completa - Prosoft

Geração do Arquivo Sintegra

1- Acesse Fiscal > Guias e Arquivos Magnéticos > Sintegra

2- Para geração selecione os registros que deseja gerar

3- Informe o período e as informações conforme necessidade de apresentação da empresa

4- Defina o local onde o arquivo deve ser salvo e clique em Gerar Arquivo

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 1 de 1

Comentários